SOBRE JORNALISTA OU COMUNICÓLOGO NA DNICI/MINTTICS- CELSO MALAVOLONEKE



O Carlos Alberto defende que o comunicólogo João Demba não tem o perfil para dirigir a Direcção Nacional de Informação e Comunicação Institucional. Que o Director deveria ser um jornalista porque assim é em todos os países da SADC (o que é verdade).

Acho que faltou um dado ao Carlos Alberto que faz toda a diferença: em 2020 juntaram-se duas Direcções anteriores (da Informação e da Comunicação Institucional) numa só com um departamento para cada área. Essa junção é que é um erro que espero que se corrija pois elas têm funções diferentes.. A Direcção de Informação deve estar a cargo de alguém com formação superior em Jornalismo; a de Comunicação Institucional de um comunicólogo, isto é, pessoa com formação superior em Comunicação. 

Enquanto estiver assim junta, pode ser dirigida ou por um, ou por outro. Desde que tenha chefes de Departamento com a formação específica que mencionei.



Fisioterapia ao domicílio com a doctora Odeth Muenho, liga agora e faça o seu agendamento, 923593879 ou 923328762


Vale dizer que a Comunicação Social no geral deve ser dirigida essencialmente por comunicólogos, ou seja, pessoas com formação superior em Comunicação Social, Ciências da Comunicação ou Jornalismo (os Directores de Informação da SADC são de facto LICENCIADOS em Jornalismo com larga experiência prática). 

Todos os Directores anteriores da então DNI não tinham formação superior em Jornalismo ou Comunicação. Tinham noutras áreas e do jornalismo só tinham a prática. Nesta fase em que já temos milhares de licenciados, mestres e doutores, incluindo muitos jornalistas seniores, é natural que eles revindiquem maior protagonismo no Ministério que superintende a sua área de saber. 

Finalmente: o Carlos Alberto e alguns jornalistas dão mostras de confundir a Comunicação Social com o Jornalismo. Nada mais errado. Na verdade, o Jornalismo é apenas uma das áreas do espectro da Comunicação Social; as outras quatro são a já mencionada Comunicação Institucional, a Publicidade e Marketing do Executivo, a Protecção e Promoção da Imagem (interna e externa) e a Comunicação para o Desenvolvimento. Isso aliás, vem bem espelhado do Programa de Governo do MPLA 2022- 2027. A razão pela qual eles não entendem isso, é mesmo porque não estudaram essas materias cinco ou mais anos na Universidade. 

O João Demba fez isso: é Licenciado, Mestre e Doutorando em Comunicação Social. Tem vasta experiência em agências de comunicação, gestão de Comunicação e docência universitária (chegou a ser Decano da Faculdade de Ciências Políticas, Sociais e Humanas de uma Universidade). Neste cenário de junção de Direcções, ele é certamente um perfil mais adequado do que um formado numa outra área qualquer, por mais experiência de redacção que tenha.

Os colegas jornalistas não gostam de ouvir isso, mas deve ser dito. Eles não representam o todo da Comunicação Social. As Direcções de Comunicação Institucional, as agências, as produtoras e as empresas de assessoria de comunicação e imagem também são parte deste espectro. Em pé de absoluta igualdade.




Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários