MAS É MESMO VERDADE QUE NÓS QUE VIVEMOS FORA SENTIMOS MAIS O QUE OS ANGOLANOS SOFREM EM ANGOLA DO QUE ELES PRÓPRIOS ? - FERNANDO VUMBY



É uma pergunta que parece estranha, mas com razão de existência, pois é natural que quem está habituado a sofrer e pior se este sofrimento já se tornou um vício.


Se sentir como alguém que já não consegue imaginar poder sobreviver sem sofrimento. 


Já estive diante de uma situação que me fez crer nisso, foi quando uma senhora angolana que vivia tão mal e na pior das misérias em Angola.




Fisioterapia ao domicílio com a doctora Odeth Muenho, liga agora e faça o seu agendamento, 923593879 ou 923328762


Ela tinha acabado  de chegar cá na europa num dia e no dia seguinte, já tinha saudades daquela vida como porcos numa pocilga que já não se sentem felizes fora da lama.


Manos , quase chorei quando a senhora uma vez me disse, que  essa carne toda limpa da Europa. 


Não lhe cuiava, e não a trocava com o gosto saboroso daquela carne cheia de moscas fora de prazo de consumo comprada dos mercados de Angola.


Fiquei assustado, meio arrepiado, me senti que não estava diante de um ser humano como eu de  carne e ossos.


Com cabeça, tronco e membros, isto já lá vai alguns  anos mesmo assim, sempre que vejo um angolano recém-chegado.


Não sei por que razão, fico com aquela sensação como se estivesse diante de um animal estranho, um bicho do outro mundo.


Lhe concentro o meu olhar e já houve vezes que até  apalpei mesmo para confirmar se a sua pele ainda era mesmo igual a minha .




Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários