Tomasz Dowbor enganou o Estado e a juventude com falsos empregos

 

O empresário e Político do MPLA, Tomasz Dowbor, terá ludibriado o estado angolano e a juventude no geral com a falsa campanha de emprego na empresa ligada a construção civil, Grupo Boavida.



Com o objectivo de conseguir um lugar no Comité Central do seu partido MPLA, no VIII Congresso Ordinário que teve lugar nos dias 9 a 11 de Dezembro do ano passado, o PCA do Grupo Boavida terá sacrificado inclusive os jovens desempregados para branquear a sua imagem.

Feira de emprego enganosa

O ano passado, o político realizou duas feiras de emprego. A primeira feira que foi disponibilizado supostamente 500 vagas, uma fonte segura dentro do BoaVida, confidenciou no mesmo ano que a meta não foi atingida, por outro lado negou dar os dados reais tendo garantido apenas que foi menos de 300 vagas. “num contraditório, o PCA disse que passou a expectativa e disponibilizou 800”, disse.


Fisioterapia ao domicílio com a doctora Odeth Muenho, liga agora e faça o seu agendamento, 923593879 ou 923328762


 Pela segunda vez, o Grupo Boa Vida realiza feira do emprego que, segundo os depoimentos do político-empresário, disponibilizou, na segunda fase, 1000 vagas na área de construção civil para serralharia, carpinteiros, ladrilhadores, electricistas, arquitectos e também área administrativa.


Uma fonte do recurso humanos daquela instituição, confidenciou esta segunda-feira, 11, que, durante o ano passado, a instituição empregou 700 pessoas e foram desempregados 400 funcionários. Ou seja, o recrutamento faz parte de um marketing político que está muito longe da estatística apresentada.

A mãe de Víctor, foi várias vezes informada que a empresa do ex Marido desemprega mais do que empregar e tudo faz para que a sua imagem seja falada como sendo o homem que se preocupa o emprego na sua segunda terra.  


Factos Diários 




Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários