Tito Cambanje desiste da candidatura a deputado pelo MPLA “para não manchar a imagem do Partido, nem do Presidente”



POR VONTADE PRÓPRIA. Cambanje apresentou um pedido de desistência da posição que lhe coube na lista de candidatos a deputados pelo MPLA nas eleições gerais de 2022.

 

Tito Cambanje, de 36 anos, membro do MPLA formalizou na manhã desta Segunda-feira, 06, a sua desistência da posição de candidato a deputado pelo círculo nacional do partido no poder.

 

O pedido de desistência foi formalizado por intermédio de uma carta rubricada pelo próprio e dirigida ao Secretariado do Bureau Político do MPLA, através da qual o conhecido jurista e militante evoca razões de ordem “pessoal e familiar” como base da renúncia.

 




Fisioterapia ao domicílio com a doctora Odeth Muenho, liga agora e faça o seu agendamento, 923593879 ou 923328762


A apresentação da desistência foi, tal como se apurou, complementada por uma outra carta que deu corpo a um pedido de desculpas do militante à direcção do MPLA face aos possíveis efeitos negativos, para a imagem do partido, de um episódio em que se envolveu pessoalmente e que foi amplamente repercutido nas redes sociais.

 

Conforme a carta que escreveu, Tito Cambanje entendeu que, por se estar numa época eleitoral, não podia de forma alguma contribuir para prejudicar, por mínimo que fosse, a imagem do MPLA e do seu candidato a Presidente da República.

 

“É dever do militante abster-se de estar envolvido em factos políticos que possam contribuir negativamente para a imagem do Partido”, lê-se no documento, onde ainda se enfatiza a sua condição de ferrenho militante. “Sempre assumi com regozijo e responsabilidade a missão de representar o MPLA”, escreveu, ao apresentar publicamente pelos erros que cometi.


L.P



Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários