Mentira tem pernas curtas: Secretário provincial da UNITA em Malanje desafia o MPLA a provar que Savimbi havia dito que os malanjino vão empurrar o comboio com os dentes



Na província angolana de Malanje, declarações alegadamente feitas pelo fundador e presidente da UNITA, Jonas Savimbi, sobre o que iria acontecer aos malanjinos se não votassem pelo seu partido, vieram de novo ao de cima nesta pré-campanha eleitoral.


Savimbi é apontado pelo partido no poder desde 1992 como tendo dito que se os malanjinos não votassem no seu projecto de governação deveriam empurrar o comboio com os dentes.





Fisioterapia ao domicílio com a doctora Odeth Muenho, liga agora e faça o seu agendamento, 923593879 ou 923328762


A vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, voltou a referir ao tema aquando da abertura da pré-campanha eleitoral em Malanje.

 

“O povo de Malanje foi sempre fiel ao MPLA, nunca aceitou com alguém pretendia empurrar o comboio com os dentes. Ao contrário, este povo heróico e generoso incorporou a bravura da rainha Nginga Mbandi”, disse.


O primeiro secretário provincial da UNITA, Mardanês Calunga, reage desmentindo Damião e pede provas ao MPLA.

 

“Já desafiei o MPLA, se o dr. Savimbi havia dito que o malanjino vai empurrar o comboio com os dentes, põe o discurso do dr Savimbi na Rádio Malanje, ou na televisão (TPA) e nós vamos pedir desculpas”, afirma Calunga, quem garante que “é mentira”.

 

“Sabem por que o MPLA tinha inventado essa mentira? É para o povo de Malanje ganhar o ódio contra a UNITA e o Dr. Savimbi”, conclui.



VOA 




Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários