Agente de moda do Kalemba 2 violou rapaz de 15 anos



Um agente de moda do bairro Kalemba II, em Luanda, está a ser acusado de ter violado um menor de 15 anos de idade que recorreu a ele na promessa de que o empregariam como modelo internacional. O menor queixou aos familiares causando um clima de hostilização e de ameaças de participação policial.


Arcando Rafael Ralph “Nguizani”, de 30 anos idade completados nesta sexta-feira (3), vivia inicialmente no bairro Golf2, mas teve de mudar-se para o Kalemba II, por sentir-se ameaçado pelo a família de um menor com quem manteve relações sexuais. A mãe do menor é uma senhora que vende água num mercado informal, e Rafael Ralph, segundo fontes do Club-K, ofereceu garrafas de água, a vendedora, em troca de não o queixarem na Polícia Nacional.

 

Ao mudar-se para o bairro Kalemba II, apresentou-se como fotógrafo e agente de moda prometendo empregar vários jovens, entre os 15 até aos 19. Desta feita, vários jovens incluindo menores de idade aproximaram-se a si, na busca de uma carreira internacional.





Fisioterapia ao domicílio com a doctora Odeth Muenho, liga agora e faça o seu agendamento, 923593879 ou 923328762

 

Para ganhar confiança dos jovens no Kalemba II, Rafael Ralph, dizia que tinha filho e esposa que se encontravam na sua suposta terra Natal, província do Zaire.

 

Aos modelos, o agente Rafael Ralph submetia-os a exames de avaliação e um deles seria fotografar os jovens sem roupa, tocando nas partes privadas dos mesmos. No seio dos modelos começou a haver desconfianças sobre as suas fantasias homossexuais, uma vez que costumava a ficar na quinta da esquina apreciar menores a saírem da escola na qual alegava que “estes miúdos são tão pequenos mas já mandam um material”.

 

Em Janeiro passado, Rafael foi mais longe, não só tocou nos órgão privados de um menor de 15 anos, como colocou o seu próprio pênis no anus do menino. Traumatizado o menino que nunca se quer namorou na vida, queixou a tia com quem vive, e está ameaçou levar o agente as barras da justiça.

 

Recorrendo a uma pagina do grupo ligado aos modelos comandados por Arcando Rafael, a tia do menor foi questionando “O quê que o vosso agente quer com isso de ficar a masturbar o meu sobrinho e a quem ele prometeu carreira internacional. Ele não sabe que isso depois trás problemas psicológicos? ”. Segundo a tia esta “foi a primeira vez do meu sobrinho a fazer aquilo e fica muito complicado isso e enviou uma mensagem da vossa pagina e ninguém me da satisfação ”

 

“Diz ao Arcanjo Rafael que vamos lhe denunciar por isso, porque em nenhuma agencia isso se faz”, rematou a tia questionando se o agente de moda é gay para logo a seguir admitir que “nem que fosse, ele não tem o direito de fazer isso”.

 

A mesma tia lembra que o agente Arcando Rafael dizia para o seu sobrinho que esta sessão de pegar nas partes intimas, é teste para o mesmo poder entrar na agencia e “isso não é normal porque depois dele entrar o vosso agente ainda continuou a lhe masturbar e ele faz isso com todos os modelos”, adianta a tia advertindo que se esta diante de um crime. “ ele é menor de idade e ficam a fazer isso com o meu sobrinho, isto é justo”.

 

O Club-K, ouviu outros modelo que prometeram dar uma entrevista em breve ao programa “INN”, da Radio Despertar apresentador por Claudio Emanuel para que possam denunciar de viva voz as fantasias homossexuais Arcano Rafael. Os visado alegam que o mesmo mantém vários fotografias de menores pelados no seu computador. Acusam-lhe de ter criado uma conta falsa no facebook com o nome de “Nelma Lua Cheia”, usada para fazer se passar de mulher e a pedir nudes aos modelos.

Tentou-se ouvir o visado mas sem sucesso.


Club-K




Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários