Separação só na estrutura mental do incendiário Pali Chionga- Ilidio Manuel



Se até no futebol as claques são separadas para evitar os conflitos,  por que na política tem de ser diferente? Só na

estrutura mental  do incendiário " Pali" Chionga é possível juntar pacificamente o fogo e a gasolina... Ou seja, manifestantes de partidos rivais.



Fisioterapia ao domicílio com a doctora Odeth Muenho, liga agora e faça o seu agendamento, 923593879 ou 923328762


Custa acreditar que este comentarista residente da TVZ, que diz ter uma formação em Direito, não domine a Lei de Reunião e Manifestação que proíbe a realização de dois actos de partidos políticos no mesmo espaço físico. A polícia, depois de informada sobre o local da manifestação, horário e o trajecto dos manifestantes, deve garantir a segurança dos manifestantes. O direito à manifestação é exercido À VEZ, ou seja, não pode coexistir uma manifestação e contramanifestação no mesmo espaço. O «Pali» Chionga só pode ter agido por má-fé ou desonestidade intelectual.

A própria Lei de manifestação impõe uma distância considerável entre uma manifestação e outra, para evitar choques. Por esta razão, os manifestantes devem comunicar previamente às autoridades o TRAJECTO da manifestação para que não haja incidentes. Além disso, há o princípio da PRECEDÊNCIA  que dá primazia ao partido que solicitar primeiro o local da manifestação.

A polícia que permitiu que a " gasolina e o fogo" juntam-se no mesmo espaço deveria ser a instituição responsabilizada e o responsável local da corporação suspenso das suas actividades até à conclusão de um inquérito. Onde esteve a polícia que tinha a obrigação proteger os manifestantes?




Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários