Morreu general Paulo Lara



Faleceu nesta terça-feira (22), na cidade do Porto, o general angolano Paulo Lara, filho do nacionalista Lúcio Lara.


No inicio do presente ano, Paulo Lara esteve internado numa clinica em Luanda, na sequência de um diagnosticado câncer que mais tarde se revelaria em fase termina, porém, mantido em sigilo familiar. Na segunda semana de Janeiro de 2022, que o mesmo recebeu a visita do Presidente angolano João Lourenço na unidade hospitalizar em Luanda e duas semanas depois viajou para Portugal para prosseguimento do tratamento médico.

 


Fisioterapia ao domicílio com a doctora Odeth Muenho, liga agora e faça o seu agendamento, 923593879 ou 923328762


Nascido no ano da fundação do MPLA (1956), no seio de uma família de nacionalistas onde figuravam o seus progenitores Lúcio Barreto Lara e Ruth Manuela Pfluger Rosemberg Lara, o malogrado andou por vários países africanos na fase da adolescência onde o MPLA esteve baseado. Aos 15 anos, no seu tempo de estudante no Congo-Brazzaville, aderiu a guerrilha combatendo na província de Cabinda.

 

Paulo Laura licenciou-se em Ciências Militares e em Relações Internacionais, foi docente universitário e integrava o Centro Avançado de Estudos Africanos da Universidade Agostinho Neto. Até a data do seu passamento físico era General das Forças Armadas Angolanas (FAA), em situação de disponibilidade.


Em 2003 iniciou a investigação sobre o período da luta de libertação e desde 2010 dirigia o Projecto “Angola - Nos Trilhos da Independência”.


Club-K




Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários