Laborinho fez mais uma das suas: Quando uma imagem fala por si Ministro do Interior mais humano



O Ministro Laborinho continua a palmilhar terras fora de Luanda, nomeadamente Huambo e Bie, onde como lhe é peculiar está a protagonizar gestos pouco comuns na política africana.

Em Camacupa, onde foi inaugurar um Comando de Polícia reuniu centenas de populares, um acto que para os entendedores de actos de massa estão a chamar por “comício de segurança pública”.   



Fisioterapia ao domicílio com a doctora Odeth Muenho, liga agora e faça o seu agendamento, 923593879 ou 923328762


Durante uns tantos minutos o político do MPLA, há muito entregue ao sector de segurança pública, de onde é fundador do serviço de protecção civil, falou da necessidade de se aprofundar o diálogo entre os cidadãos e o MININT para se evitar o cometimento de crimes. 
Aconselhou as autoridades tradicionais a exercerem o seu secular poder no bem estar das comunidades, auxiliando a Polícia na manutenção da ordem. 
No final do “comício” foi junto do povo e no som da Irmã Sofia dançou com eles. O momento mais alto da actividade aconteceu quando Laborinho se deparou com uma cidadã portadora de deficiência nos membros inferiores, que circula diariamente sem uma cadeira de rodas. Tocado pela posição da senhora e a dança da mesma o Ministro parou, inclinou-se e dialogou, durante algum tempo, com a referida cidadã. No final da conversa o dirigente disse que mandaria uma cadeira de rodas para ela, o que fez chorar a cidadã, visivelmente emocionada.


Jornal O Crime 




Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários