Sanções americanas levam “Dino” abandonar UNITEL


Leopoldino Fragoso do Nascimento “Dino”, remeteu esta semana uma missiva aos membros do Conselho de Administração da UNITEL comunicando a sua renuncia do cargo de Vice-Presidente da Mesa da Assembleia da mais destacada prestadora de serviços na área de telecomunicações móveis, de Angola.

A decisão do general, segundo justificou na comunicação que o Club-K, teve acesso, é em função de sanções aplicadas pelos EUA, ao abrigo da lei Magnitsky, na qual considera ter sido “em clara violação dos elementares princípios do direito internacional e dos próprios constitucionais e da ordem publica internacional do Estado angolano, o direito de defesa e ao contraditório e o direito a um julgamento justo e conforme”.



 

Fisioterapia ao domicílio é na MZ Fisio. Contactos para marcação: 924170321, 998024880

Leopoldino do Nascimento recusa-se a discutir o mérito de tal sanção, pois considera que a mesma é “suscetível de macular o bom nome e imagem da UNITEL, e que para que tal sanção não afecte ao bom nome e prestigio da sociedade, nem de qualquer dos outros integrantes dos órgãos sociais, o general comunica a sua renúncia ao cargo de Vice-Presidente da mesa de Assembleia Geral ara que foi eleito para o triénio 2019/2020”.


 


“Dino” solicitou igualmente a empresa GENI, accionista da UNITEL, detentora de acções correspondentes a 25% do capital social, a convocação de uma assembleia universal com caracter de urgência, integrando como ponto da ordem de trabalho cessão das ações que o signatário detém neste sociedade, de modo a que esta sociedade e os demais accionistas não fiquem igualmente prejudicados pela sanção aplicada ao signatário.


Club-K 



Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários