CAF não dança música da Europa e confirma que o CAN dos Camarões terá inicio no dia de Janeiro de 2022


Na manhã de segunda-feira, 20, Patrice Motsepe, presidente da Confederação Africana de Futebol (CAF), anunciou que a Copa das Nações Africanas de 2021 teria início a 9 de janeiro 2022.


Motsepe disse que estará no dia 9 de Janeiro para testemunhar o jogo de abertura:


«Eu estarei aqui nos Camarões, no dia 7 de Janeiro, com minha esposa e filhos para a Copa das Nações da África, que começa a 9 de Janeiro de 2022.


Estou muito orgulhoso de termos um novo presidente da Federação dos Camarões como Samuel Eto'o».




Fisioterapia ao domicílio é na MZ Fisio. Contactos para marcação: 924170321, 998024880

Visão da FIFA



O presidente da FIFA, Gianni Infantino, entende a importância da Copa Africana de Nações, mas acredita que transferi-la para setembro resolveria muitos problemas para os clubes europeus.


«A Copa das Nações Africanas é disputada a cada dois anos e entendemos a sua importância», disse Infantino após uma reunião com os 207 Membros da FIFA em África.


Infantino lembrou que alguns anos atrás não era problema organizar o evento no mês de janeiro, mas agora o cenário é difícil e apela o bom senso do órgão reitor do futebol africano.


«Há alguns anos ninguém se importava que o torneio fosse disputado em janeiro, mas agora se tornou um problema porque muitos jogadores africanos jogam em clubes importantes da Europa. Esses clubes perdem os seus jogadores durante um período importante da temporada. Se pudermos mudar o calendário e garantir que a Copa das Nações Africana seja disputada durante a janela internacional de setembro, em vez de janeiro e fevereiro, resolveremos um grande problema para muitas ligas com jogadores africanos», acrescentou.


O presidente da FIFA sublinha que não se quer criar guerras com esta alternativa.


«Não quero falar sobre a presença de inimigos ou guerra, mas sobre algo que podemos tentar, e devemos buscar juntos a melhor solução».



Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários