Para ser investigado na PGR por tentar roubar mais de 600 milhões: Júlio Bessa foi exonerado do cargo de governador da província do Kuando Kubango



O Presidente da República exonerou esta terça-feira 22, por decreto, o governador provincial do Kuando Kubango nomeando Júlio Bessa, tendo indicado José Martins para o substituir do cargo e de primeiro secretário do MPLA.


A exoneração de Júlio Bessa acontece quando o agora ex-governador do Kuando Kubango está envolto em suspeitas de envolvimento em ilegalidades relacionadas com o caucionamento de uma elevada dívida improvável a uma empresa.



Refira-se que Júlio Bessa foi único primeiro secretário do partido a nível provincial que não foi reconduzido nas conferências de renovação de mandatos no âmbito da preparação do VIII Congresso Ordinário do partido.



Fisioterapia ao domicílio é na MZ Fisio. Contactos para marcação: 924170321, 998024880

O Bureau Político do MPLA havia dado luz verde ao militante José Martins para avançar com a candidatura única ao cargo de primeiro secretário do MPLA no Kuando Kubango.


 


Segundo apurou o Novo Jornal, o secretariado do Bureau Político do MPLA havia suspendido todas as movimentações políticas que visavam a recondução do actual governador do Kuando Kubango, Júlio Bessa, ao cargo do primeiro secretário do partido naquela província.


 


Dias depois, o próprio Júlio Bessa orientou os comités municipais que procedessem à suspensão de todas as actividades preparatórias para a realização da XIII conferência provincial ordinária, nos dias 06 e 07, incluindo a campanha em torno da candidatura ao cargo de primeiro secretário do partido.


 


O Bureau Político do MPLA não veio a público esclarecer as razões que levaram à não recondução de Júlio Bessa ao cargo do primeiro secretário do partido.


 


O Lil Pasta News sabe que a exoneração de Júlio Bessa, tem haver com o processo que decorrer na Procuradoria Geral da República, e dentro em breve o antigo governador do Kuando Kubango será chamado. 


É de recordar que uma dívida de 627 milhões de dólares foi reclamada pela empresa Angoskima Lda e terá sido validada pelo governador Júlio Bessa. A autenticidade da dívida foi questionada publicamente.



Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários