O PODER DE UM PEQUENO GESTO: CADÊ A SOLIDARIEDADE DOS MÚSICOS PARA COM EDUARDO PAIM, OU MAMAM TODOS DAS TETAS DA MESMA VACA ( MPLA ) ?



Angola não é um país que precisa ser estudado os angolanos sim, é que precisam ser estudados claro que nem todos.


Mas sim, aquela parcela que todos nós conhecemos  os parecidos uns com os outros, como se diz na gíria, os que seus rostos são a cópia mais perfeita do cú dos outros.


Há ocorrências que são vistas e que só acontecem mesmo com os angolanos em Angola e fora do país nas comunidades angolanas, já agora vou deixar aqui dois exemplos concretos.




Fisioterapia ao domicílio é na MZ Fisio. Contactos para marcação: 924170321, 998024880

1 ) - Não são poucos os angolanos que mesmo depois do MPLA lhes ter eliminado seus familiares e até há casos de pais ainda assim.


Se tornaram bufos ao serviço do mesmo assassino, uns até  ainda mais cruéis do que os assassinos de seus ente-queridos o que não é normal na história da humanidade.


2 ) - Assim como há casos de filhos e esposas que se tornaram nos carrascos dos seus próprios maridos e pais no casos dos filhos.


Que acabaram por denunciá-los junto da secreta até só por lerem livros críticos ao regime, foi assim sempre desde os tempo de gestão de betão do país, mas este é tema para outra crônica.


CADÊ A  SOLIDARIEDADE DOS MÚSICOS PARA COM EDUARDO PAIM?


Se bem que nem tudo que brilha na classe dos músicos é ouro, pois há muitos bufos entre eles.


Apesar do  fingimento e máscaras nem por isso que cobrem todas as  carapuças.


Num momento desses um pequeno gesto de solidariedade para com o Eduardo Paim, não deixaria de deixar no ar o cheiro de um bom perfume.


Não vim mendigar solidariedade para com o Eduardo Paim até porque não sou de mendigar.


Mas sim apenas lembrar da importância da solidariedade entre vocês, principalmente num regime desses que vos usa e instrumentaliza.


Ás vezes até mesmo para se envenenarem uns aos outros, quando para não servirem como a ponte onde eles caminham para atingir seus fins criminosos atravez da propaganda e mobilização.



Fernando Vumby 




Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários