Laura Macedo diz que parte das mortes em Angola é culpa dos Jornalistas



A activista social Laura Macedo afirmou, nesta terça-feira, 28.09, no auditório das Irmãs Paulinas, que grande parte das mortes que acontecem em Angola é por culpa dos jornalistas.


Durante o debate realizado pelo MISA Angola e que teve como tema “o acesso livre à informação em Angola, Laura defendeu que os jornalistas carregam a culpa dos noventa por cento das mortes que acontecem no país, por estes nunca se interessarem em mostrar e informar sobre os reais problemas.



Fisioterapia ao domicílio é na MZ Fisio. Contactos para marcação: 924170321, 998024880

A título de exemplo, a activista falou sobre as grandes dificuldades que o povo do Sul de Angola enfrenta, com maior destaque para a seca e afirmou que todo o jornalista que se recusa a informar ao país e ao mundo sobre esse assunto é assassino.


Questionada insistentemente sobre a sua afirmação, Laura respondeu que não fala dos jornalistas dos órgãos privados, mas sim os dos órgãos públicos.


“Os jornalistas da TPA e RNA são assassinos”, afirmou categoricamente e durante várias vezes a activista.



Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários