Dirigente do Movimento Independentista de Cabinda detido



"António Victor Tuma preso em casa"


O secretário adjunto para Informação e Comunicação do Movimento Independentista de Cabinda (MIC), António Victor Tuma, foi detido  nesta terça-feira, na sua casa pela polícia colonial angolano”.


As detenções arbitrárias e selvaticas perpetrada pela polícia angolana em Cabinda, nas primeiras horas da manhã de hoje quarta-feira, 6 de Outubro de 2021 (05h:30m) os agentes da polícia angolana em Cabinda, invadiram a casa do António Tuma, arrombaram a porta gradeada, janelas e inclusive as chapas de cobertura da mesma residência foram arrancadas, e detiveram o político António Victor Tuma, sem nenhuma informação das respectivas razões da sua detenção, e nem se quer ser-lhe exibido o mandado de prisão ou detenção emitido pela autoridade competente.





Fisioterapia ao domicílio é na MZ Fisio. Contactos para marcação: 924170321, 998024880

O clima de terror retoma em Cabinda, os agentes da polícia colonial angolana comandam caças bruxas contra os membros e militantes do (MIC) Movimento Independentista de Cabinda. Nesta mesma madrugada de hoje, quarta-feira, 6 de Outubro, a polícia angolana procedeu igualmente a detenção de mais outro membro do MIC, Alexandre Dunge, foi detido a partir da sua residência, diante dos seus familiares, assistiam o seu parente a ser levado e preso, sem nenhum documento judicial que ostenta as respectivas razões da detenção. 


Sendo assim, neste preciso momento, o Alexandre Dunge e António Tuma, ambos estão encarcerados nas celas do SIC, prisão do regime ditatorial do governo angolano em Cabinda.


Em actualização:


Secretário para Informação e Comunicação do MIC

- Eng. Sebastiao Macaia Bungo



Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários