EUA irritam MPLA convidando Adalberto





Está em curso em meios de ONG americanas baseadas em Washington, a calendarização de uma conferência pan-africana, prevista para o próximo ano, na qual os seus promotores tencionam formular convite ao líder deposto da UNITA, Adalberto Costa Júnior para apresentar o ponto de vista do seu partido sobre a democracia em Angola.


De acordo com fontes que acompanham os preparativos da iniciativa, caso o alto responsável da UNITA, corresponder ao convite, o mesmo deverá ser recebido no subcomitê para os assuntos políticos, para abordagem com congressistas deste país.



Fisioterapia ao domicílio é na MZ Fisio. Contactos para marcação: 924170321, 998024880


A inclusão do nome do político angolano, está a ser vista, como uma irritação de “lobbistas” americanos ao regime do Presidente João Lourenço que recentemente gastaram “milhões” de dólares para um encontros não concretizado com Joe Biden, o inquilino da Casa Branca.


Durante o período da guerra civil em Angola, os EUA foram um dos principais financiadores da guerrilha da UNITA, apoio este que cessou pouco antes do estabelecimento das relações diplomáticas entre Washington e Luanda. O líder fundador da UNITA, chegou a ser recebido em duas ocasiões diferentes na sala oval da Casa Branca, recorrendo aos préstimos de um consultor Paul Manafort, que foi o “marketeiro” da campanha de Donald Trump.


Com o fim do conflito armado, o sucessor de Savimbi, Isaías Samakuva por varias vezes Washington sendo recebido por destacados funcionários da Casa Branca e do Departamento de Estado informando-os do ponto da vista da UNITA sobre a situação em Angola.


Club-K






Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários