A reforma da justiça (em andamento) deve rever esta questão e clarifica-la- KB Gala



Isto é, se os juízes dos tribunais superiores podem ser titulares de dupla nacionalidade . A situação é " esquisita" e até tomando-se em linha de conta que os tribunais são órgãos de soberania e dominam matérias sensíveis. Neste processo de impugnação do XIII da UNITA, repare-se que uma juíza com dupla nacionalidade julga o caso de um líder político,  estando em causa a sua dupla nacionalidade. 


Fisioterapia ao domicílio é na MZ Fisio. Contactos para marcação: 924170321, 998024880


É uma questão de ética e moral. Nota: não se sabe se a juíza renunciou a nacionalidade portuguesa que lhe é imputada  e até onde sei,  também não se pronunciou a respeito. Depois, há coisas estranhas na relação dos OCSP e o Tribunal Constitucional. Primeiro,  as "fugas cirúrgicas de informação" e se há um "comando conjunto" extra comunicação social pública onde se tomam as decisões editoriais. Ademais num caso de julgamento do presidente da república ( a quem é exigido a nacionalidade angolana original) ser julgado por uma juiza que também é portuguesa.



Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Bomba grande! Bombô de ACJ e pares molhou bem mal.

    Fontes fidedignas apontam que a desavimbização da UNITA que ACJ pretende fazer com a criação da FPU vai lhe sair bem caro.

    A estratégia de ACJ era de que a UNITA apesar de concorrer com os seus símbolos , fosse para as eleições como capa de FPU a fim de retirar o peso belicista do partido e romper com o passado histórico de Jonas Savimbi, a quem trata de sanguinário e único responsável pelas matanças internas.

    No entanto, as fontes alegam que os seus comparsas na FPU estão a espera da sua destituição formal da presidência da UNITA pelo TC para o destituirem também da presidência do novo ente criado, cuja liderança será assaltada por Abel Chivukuvuku, que o acusa de arrogante, falacioso e mentiroso.

    Mas não é tudo, segundo as fontes, ACJ tem outro dilema com os marimbondos que o promovem e patrocinam. Não se deve abalar ou recuar, não obstante a sua insónia e refúgio na bebedeira, sob pena de o afundarem ainda mais e trazerem a público os podres que o rodeiam.

    O Patriota

    ResponderExcluir