Vamos abandonar o partido: Militantes do MPLA em Luanda prometem abandonar o partido, caso Milca Caquesse for colocada no cargo de primeira secretária



Mais de 500 Militantes do MPLA no município de Luanda, prometem abandonar o partido no poder, caso a cidadã Milca Caquesse seja colocada a revelia na direção do partido naquele município.


Isso é inaceitável, uma corrupta com varias processos na PGR, não pode dirigir o nosso partido, o presidente foi claro no seu discurso, devemos dar oportunidade aos jovens com ficha limpa, e a senhor Milca Caquesse não tem ficha limpa e nem perfil para este cargo, desabafou Lito Vunge.




Já Guimba Paulo, militante do MPLA a 50 anos, disse que ele lidera um grupo de mais de 500 militantes no município de Luanda, que já avisaram a direção do partido na província,  se atreverem-se a colocar à corrupta Milca no cadeirão máximo do partido no município, vão abandonar o partido no poder.



Esta miúdos além de corrupta, é assegurada por alguém na direção do partido, Milca Caquesse 


Membro do comitê municipal 

Membro do comitê provincial de Luanda 


Membro do comitê comitê nacional da OMA 


Membro do comitê 

Comitê nacional da Jmpla 


Membro do CC 



As perguntas que não querem se calar, o que ela faz?


Qual é o currículo dela?


Quem está atrás destas promoção? 


É de recordar que Milca Caquesse é acusada de vários crimes, como de corrupção, burla e de apropriação de propriedade.




Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários