O VALOR DE UM EX-PRESIDENTE DA REPÚBLICA- JOSÉ GAMA


Entre Junho/Julho de 2013, o antigo Presidente sul africano estava internado  num hospital a 10 minutos da nossa casa. Enquanto esteve no hospital, na parte de fora havia batalhões de jornalistas vindos de toda parte do mundo aguardando por noticias sobre o estado de saúde de Mandela. Obama viajou a Pretória para visita-lo no hospital. O então  PR  de Angola JES previa fazer o mesmo e Luanda antecipou-se a  enviar dois jornalistas seniores, Ernesto Bartolomeu (TPA) e António de Sousa (RNA), com o propósito de seguirem o estado de saúde de Mandela.  A saída e entrada de Mandela nos hospitais era um assunto nacional e internacional. 


A entrada e saída do país do  Presidente José Eduardo dos Santos por motivos de saúde (mesmo que fosse de lazer) é  um assunto de valor  noticioso. Os medias de Portugal,  Moçambique e outros reportaram no assunto.




Fisioterapia ao domicílio é na MZ Fisio. Contactos para marcação: 924170321, 998024880

 Um ex-Presidente é uma reserva nacional, é alguém que detém segredos de três décadas do país. É alguém que com uma só palavra pode causar estabilidade como instabilidade. Se JES fazer comentários contra o seu sucessor  provoca danos de imagens. Se  fazer comentários a explicar porque nas eleições de 2017, os comissários da CNE denunciaram que este órgão lançou resultados eleitorais que nem estes responsáveis conheciam a sua proveniência cria mal estar no país. JES é fonte de estabilidade, dai a sua importância noticiosa, independentemente  do erros que cometeu, entre os quais  deixar  uma media estatal que aceita  receber ordens do seu partido, desrespeitando a constituição. 


Em África não se da pontapés aos velhos.





Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários