Fala-se muito mal nos programas da IURD Renovada na LAC- Salas Neto



«É inacreditáve! É inacreditáve! É inacreditáve!», gritava ontem, assim mesmo, o bispo que abriu as «hostilidades» do dia, a partir das 21, com um sotaque brasileiro muito forçado, referindo-se ao caso do militar xoné que sacrificou o filho a ver se sobe de patente, não se sabe se em nome de Deus ou de Belzebu. Sinceramente, não sei porquê é que o homem escondia o «ele».




Fisioterapia ao domicílio é na MZ Fisio. Contactos para marcação: 924170321, 998024880

O problema é que a insuficiência linguística parece um caso generalizado entre a nova cúpula da congregação, já que o próprio líder dos golpistas também se expressa mal, o que sempre causa algum prejuízo à imagem da instituição, agora dominada por angolanos. Falar bem é essencial. Por isso, seria inteligente se a IURD Renovada se decidisse à ministração de uns cursos intensivos de língua portuguesa aos seus bispos e obreiros, a ver se deixam de dar assim tantas calinadas. Vamos lá, mãos à obra!



Lil Pasta News, nós não informamos, nós somos a informação 

Postar um comentário

0 Comentários